Como Ler Tablaturas



Tablatura é um método usado para transcrever músicas que podem ser tocadas em instrumentos de corda. Uma tablatura indica qual corda deve ser ferida e em qual traste.



Como ler tablaturas? A tablatura é apresentada com um conjunto de linhas que representam as cordas do instrumento. Uma tablatura vazia de guitarra ou violão apresenta-se da seguinte forma:
E--------------------------------------------------------
B--------------------------------------------------------
G--------------------------------------------------------
D--------------------------------------------------------
A--------------------------------------------------------
E--------------------------------------------------------

A linha de baixo representa a corda mais grossa (popular "Mizona") e a linha de cima representa a corda mais fina (popular "Mizinha"). De cima para baixo as linhas representam as cordas mi, si, sol, ré, lá, mi. Uma tablatura vazia de baixo (quatro cordas) apresenta-se da seguinte forma:
G--------------------------------------------------------
D--------------------------------------------------------
A--------------------------------------------------------
E--------------------------------------------------------

A linha de baixo representa a corda mais grossa (mi) e a linha de cima representa a corda mais fina (sol). De cima para baixo as linhas representam as cordas sol, ré, lá, mi.
Números escritos nas linhas indicam em qual traste as respectivas cordas devem ser apertadas ao serem tocadas. Número 0 indica corda solta. As notas devem ser lidas da esquerda para a direita. Exemplo:
E--------------------------------------------------------
B--------------------------------------------------------
G---------0--------1--0----------------------------------
D---0--3-----0--3----------------------------------------
A--------------------------------------------------------
E--------------------------------------------------------

O exemplo acima é o início do riff de Smoke On The Water, da banda Deep Purple, e deve ser tocado da seguinte forma:
- terceira corda (ré) tocada solta (0)
- terceira corda (ré) tocada no terceiro traste (3)
- quarta corda (sol) tocada solta (0)
- terceira corda (ré) tocada solta (0)
- terceira corda (ré) tocada no terceiro traste (3)
- quarta corda (sol) tocada no primeiro traste (1)
- quarta corda (sol) tocada solta (0)

Nos exemplos acima as notas são tocadas uma de cada vez. Quando duas ou mais notas devem ser tocadas de uma só vez , formando um acorde, a indicação será conforme abaixo:
E----3--------------------------------------------------
B----3--------------------------------------------------
G----4--------------------------------------------------
D----5--------------------------------------------------
A----5--------------------------------------------------
E----3--------------------------------------------------

Note que este é um acorde sol maior. Estando na mesma coluna as notas devem ser tocadas todas de uma só vez indicando assim, um acorde. Apenas devem ser tocadas as cordas marcadas (no exemplo acima todas). Uma linha vazia indica que a corda não deve ser tocada. Um número zero indica que a corda deve ser tocada solta. Embora possam indicar acordes, o mais comum é que as tablaturas sejam usadas para solos ou riffs, enquanto os acordes são indicados por cifras. Embora, de maneira geral, as tablaturas não indiquem o tempo de duração das notas e o intervalo entre elas, o espaçamento entre as colunas pode ser usado para dar alguma idéia sobre tempo e duração conforme o exemplo abaixo. Tratam-se das primeiras notas do hino nacional americano. Note o espaço maior que indica a pausa.
E-----------------------0--------4--2-0-------------------
B---0--------------0---------------------------------0----
G------1------1----------------------------1----3---------
D--------2------------------------------------------------
A---------------------------------------------------------
E---------------------------------------------------------

Notações usadas em tablaturas
Além dos números, que indicam qual corda deve ser tocada em qual casa (traste), existem algumas letras e simbolos comumente usados para representar determinadas técnicas. Essas notações podem variar um pouco de autor para autor mas as mais comuns são:
h - hammer-on
p - pull-off
b - bend para cima
r - soltar o bend
/ - slide para cima (pode ser usado s)
- slide para baixo (pode ser usado s)
~ - vibrato (pode ser usado v)
t - tap
x - tocar a nota abafada (som percusivo)


Hammer-Ons
Martelar com um dedo da mão esquerda (para destros) uma corda em um traste fazendo soar a nota sem o auxílio da mão direita.

Pull-Offs
São o inverso de um hammer-on e consistem em soltar rapidamente uma corda fazendo com que a mesma soe solta.

Bends
Empurrar uma corda para cima, aumentando a tensão e consequentemente gerando uma nota mais aguda. Quanto mais empurrada for a corda maior será o efeito.

Slides
Fazer deslizar o dedo pelo braço enquanto uma corda soa, gerando uma variação do tom. Exemplo: tocar a corda na sétima casa e imediatamente o dedo que aperta a corda nesta casa deve deslizar para a nona casa enquanto a nota continua soando (aumentando portanto um tom).

Vibrato
Variação de tom conseguido com a alavanca ou mesmo através de pressão variável do dedo sobre a corda no braço do instrumento.

Tap
Fazer soar notas feridas com a mão direita apertando as cordas nos trastes. A indicação de que uma nota deve ser tocada como tap consiste apenas em acrescentar a letra t à nota correspondente.


Dúvidas, sugestões e críticas, entre em contato.